Busca por conteúdo, posts e vídeos

ELAS SÓ QUERIAM AMAR

Esta semana não se fala em outra coisa a não ser sobre aquele noivo picareta que deu o golpe em PELO MENOS duas mulheres.

Claro que por causa da lei, era impossível mostrar as fotos das duas moças. Mas eu vou te contar: eram duas mulheres lindas (e eu não estou exagerando), profissionais extremamente capacitadas, independentes, de famílias boas (daquelas que carregam valores de geração em geração).

Eu pensei: por que? Por que uma moça dessa cairia na lábia de um homem como este?

Pois bem… Conversei com uma delas pelo telefone, a identidade não pode ser revelada. Ela me disse: “ele não tinha o tipo físico que eu realmente gostava, mas me dizia coisas tão lindas, me tratava bem, era uma pessoa tão agradável e inteligente. Extremamente apaixonante”. Ela não estava mentindo. Dizia tudo do fundo do coração e contava a humilhação que passou com a história do falso embaixador, o prejuízo que levou (1 milhão de reais), fora o medo com que ficou (veja bem, pode parecer engraçado mas o cara ameaçou a moça, bateu nela, andava armado e a manteve em cárcere privado. Ela era como uma refém de um cara que é muito mais que um estelionatário e que tem cara de quem foi criado pela avó – e realmente foi).  Pra quem não sabe, o “gordinho” – apelido que ganhou Marcelo Castilho – dizia que era embaixador da ONU, se aproximava de mulheres ricas, pegava o dinheiro delas e, antes de casar, fugia. A última, ele forjou um sequestro e levou pelo menos 30 mil reais.

A conclusão que chego é a seguinte: perceba a falta de amor neste mundo. Perceba. Não tô aqui pra fazer demagogia… É falta de amor próprio e é falta de amor ao próximo. Quantas dessas mulheres não passaram por desilusões amorosas? Quantas dessas mulheres não se viram obrigadas a se casar por causa da nossa cultura? Quantas dessas mulheres queriam alguém pra amar, mas só encontravam quem queria se aproveitar e não tava nem aí? Foi NESSA brecha que o gordinho entrou! Na brecha da falta… do sentimento. Ele veio, preencheu e aí não tinha como sair! E era um bom partido, até então. Quem não pensa: “opa, achei! Ele não faz o tipo físico mas tem valores, tem beleza interna e vou ter um cara que é um partidão!”?

A sociedade, a cultura, nos obrigam a casar com o melhor partido (amor deixado de lado), muitas vezes você acaba se forçando a estar naquele pedestal por que falaram que é o certo (amor deixado de lado) e faz tudo aquilo só pra mostrar pra quem você NÃO GOSTA (o outro) que é mais poderoso que ele (amor próprio deixado de lado)!!!! Não é papo religioso, é a pura verdade! O que tá certo e o que tá errado? Só o coração pode responder!!! E é o seu, não é o do outro! Só pra constar: o gordinho não foi preso e deve estar bem longe agora. Se é que vai ser preso… eu não sei se acredito nisso. O meu coração, diz que não.

Por Livia Zuccaro