Busca por conteúdo, posts e vídeos

CARTAGENA DAS ÍNDIAS, PARAÍSO COLOMBIANO

Pensando em ir pra Cartagena?! Te conto minha experiência na Colômbia.

Nas férias desse ano, (2019), estava pesquisando um lugar para passar cinco dias das minhas férias e decidi por Cartagena.

Não me arrependi e conto para vocês o porquê.

A viagem durou 7h, fui com a cia aérea Copa Airlines. Minha conexão foi no Panamá e aproveitei para fazer uma visita também, no final do texto conto para vocês.

A moeda que levei foi o peso colombiano, troquei aqui no Brasil, mas lá o preço estava melhor, então minha dica é que você leve uma parte daqui e troque o restante lá, na Cidade Amuralhada, é melhor!

Fui sozinha e encontrei com um amigo por lá, fizemos os passeios juntos e ele foi meu fotógrafo pessoal. (OBRIGADA CARLOS!) rsrsrs.

Chegando em Cartagena, na Colômbia, a primeira coisa que você vai notar, (e não vai gostar), se já viajou para outros países, é que o aeroporto não tem wifi. Pura tristeza da vida para os viciados na internet como eu sou, mas a boa notícia é que tem uma cafeteria lá dentro, chama Juan Valdez, você compra um cafezinho e já tem senha de wifi para usar a internet do seu celular ou tablet, então vale a passada na cafeteria e você já prova o melhor café do mundo. É muito saboroso!

Na porta do aeroporto tem vários táxis que te deixam nos hotéis, os valores não são altos e você pode negociar com os motoristas antes de entrar nos automóveis, não consegui usar Uber por lá. Lembre-se de combinar o valor da corrida antes de entrar no táxi.

Se você não fala espanhol, não se preocupe, os moradores de lá são bem simpáticos e solícitos para te ajudar, mas tente aprender pelo menos o básico ou leve um guia de bolso para não passar apertos.

O hotel que escolhi foi o Aixo Hotel Cartagena, clica aí no nome para ir direto para as avaliações dele no Trip Advisor. (ECONÔMICO).

No geral, o hotel é bom, tem uma vista maravilhosa da Praia de Marbella, mercado ao lado, (o que ajuda demais), piscina, academia…

Porém, longe do “fervo”, para adiantar, no centro de Cartagena não tem muito o que fazer, na verdade até tem, mas você consegue conhecer em dois dias, te garanto!

 

 

 

 

O mais legal no centro é a Cidade Amuralhada, lá tem os restaurantes, as lojas, os bares, baladas…

Cidade Amuralhada

Dica de restaurante bom e barato: San Valentín. Clica aí em cima para conhecer.

Meu prato no restaurante San Valentín

Enfim, tudo é ali, o hotel Aixo fica a uma caminhada de 20 minutos da Cidade Amuralhada, de táxi você paga 7 mil pesos e é mais seguro.

Dica: Vá ao centro a pé e volte de táxi. Ouvimos dizer que a noite é perigoso, apesar que não passamos por nenhum problema, mas opte pelo mais seguro. Cuide-se.

Na Cidade Amuralhada eu e meu amigo conhecemos o Café Del Mar, um bar que tem uma estrutura linda e fica de frente para o mar, dizem que tem a melhor vista do pôr do sol de Cartagena, não vimos o pôr do sol, mas fomos a noite e o ambiente é realmente bem agradável e tem música e gente bonita. Também conheci o museu da esmeralda, (é free!), onde você pode ver como é feito o trabalho de extração de esmeraldas, (bem verdinhas e verdadeiras, rs.).

O preço das joias é bem salgado, se prepare!

Café Del Mar

Café Del Mar

Museu da Esmeralda

Museu da Esmeralda

Também fomos a Cafeteria Juan Valdez, (aquela do Aeroporto), tem uma em cada esquina, sério!

 

 

 

 

 

 

 

Conhecemos a balada Elvissa, dizem que é a melhor de lá, toca música eletrônica e claro, o Reggaeton.

Elvissa Cartagena

Ahhh, tem o Hard Rock Café, eu sempre gostei de conhecer o Hard Rock dos países, mas esse não me agradou muito, além do atendimento não ser dos melhores, ainda vi baratas ENORMES, por lá. (Las Cucarachas).

Na Cidade Amuralhada tem muitas lojinhas de bugigangas, que é como eu chamo esses objetos que levamos de recordação da viagem para casa ou para amigos. Os preços diferem muito de loja para loja, então dê uma rodada antes de sair comprando qualquer coisa.

Lá também tem o Castillo de San Felipe de Barajas que você não pode deixar de conhecer, é uma obra militar e teve papel importante em várias guerras. Custa 25 mil pesos a entrada. É lindo e tem uma vista bem legal da Cidade Amuralhada.

Se você não tiver problemas com lugares escuros e apertados, faça um tour guiado para conhecer a história a fundo. Na bilheteria tem as informações desse tour, não fiz!

Castillo de San Felipe de Barajas

O mar do centro de Cartagena não é limpo, nem claro. As praias não são sujas, mas não tem aquela areia branca que todo turista procura. Para ver essas águas cristalinas e areia branquinha de algodão é preciso fazer pequenas viagens. Você tem a opção de locar um carro, combinar com algum taxista, ou o que fizemos, que foi contratar o serviço de uma agência de turismo, a Exclusive Cartagena. Clica aí no nome para ir direto para a página deles e entrar em contato, caso queira fazer um passeio.

O atendimento é em português, você também pode pagar em real e cartão de crédito.

Recomendo muito a Exclusive Cartagena, tivemos um atendimento personalizado, e muita atenção da Michella. Aliás, muito obrigada, adoramos tudo!

Bom, a agência tem muitos passeios, decidimos fechar dois deles: Tour por três praias e Isla Palma. Um em cada dia.

O tour pelas três praias passa pelo Resort Gente Del Mar, Isla Cholón e Playa Blanca. Vou colocar as fotos aí para você se maravilhar com a cor do mar do caribe. Tivemos sorte de não chover enquanto estávamos nos passeios, todas elas são lindas, mas na minha opinião, Gente Del Mar é a melhor.

Aquela areia branquinha, as araras do resort, tudo perfeito!

 

Resort Gente Del Mar

Nesse passeio você tem direito ao transporte do hotel ao local onde embarcará em uma lancha e seguirá para essas ilhas paradisíacas. Porém, são praias públicas, então o passeio é exclusivo, mas não considere como vip.

Também te servem umas frutinhas no caminho, e água, no fim você curte um almoço delicioso, com arroz de coco, que foi minha comida preferida na viagem toda, prove e me conte depois.

A viagem dura cerca de 1h45min. Vale muito a pena. Você perde o dia todo, não programe mais nada, talvez um barzinho tranquilo à noite pela Cidade Amuralhada. (rs).

Dica: Tome um remédio para enjoo caso você tenha problemas com o balanço da lancha, ela pula muito! Sério, meu coração quase saiu pela boca em alguns momentos.

Isla Cholón

Playa Blanca

Já no passeio para Isla Palma, você tem um atendimento mais VIP.

Nesse passeio o transporte não te busca no hotel, você vai até o Porto, que fica na Cidade Amuralhada, (como tudo ali), rs. Embarca em uma lancha e vai para a Ilha. A viagem dura 2h. Na ida você curte um passeio bem agradável de lancha, vimos um navio passar por nós, até um submarino apareceu por lá.

Chegando na Ilha você é recepcionado com um café da manhã maravilhoso! Bem servido e com diversas comidas típicas.

Prove as arepas! Que delícia!

Depois você fica livre para curtir a Ilha, se eu te contar que lá só tem um hotel e um bar, você acredita?! Pois é verdade! Que lugar incrível!

 

Água azul, areia branca, flamingos…

Aquele cenário que você estava procurando na Colômbia.

Esse passeio vale muito a pena.

No fim, (para nossa tristeza), você almoça e volta para a lancha.

Carlos, (com medo), fingindo serenidade na lancha.

O passeio de volta para a Cidade Amuralhada é bem gostoso, mas tive um pouco de medo, confesso!

 

 

Na volta, o mar fica mais revolto e a lancha pula demais. Se você tem medo, tome um remédio, ou inspire, respire e curta o visual com a música colombiana, que com certeza eles vão colocar (BEM ALTA), para você ouvir na lancha durante a aventura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outro lugar que você não pode deixar de ir em Cartagena é o bairro Getsemani. Ele fica colado com a Cidade Amuralhada, perto da Torre do relógio, que é seu ponto de referência por lá. O bairro lembra muito a Vila Madalena em São Paulo, tem muitos barzinhos e restaurantes à noite, e os grafites nas paredes que rendem boas fotos.

Bom, na minha volta para o Brasil, dei uma passada no Panamá, meu voo fez a escala lá e teria que aguardar 8h para embarcar novamente.

Decidi conhecer o centro histórico do Panamá, Casco Viejo, já tinha lido um pouco sobre esse lugar no blog viagens e caminhos, e gostei muito.

Quando você chega no Panamá precisa preencher uma folha com todos os seus dados e de onde vem, para onde vai, etc. Não é difícil, mas acredito que arrisquei muito perder meu voo por conta do trânsito no Panamá, é muito pesado!

Dei sorte de estar ali em um feriado, onde a cidade fica vazia. Levei 25 minutos do Aeroporto até o centro histórico, consegui ficar por lá umas 3h. É bem bonito! Comi uma coisinha no centro e comprei umas “bugigangas”. Tudo com dólar americano. Nada de peso colombiano e muito menos real. Se você vai fazer uma escala grande no Panamá, vale a pena conhecer, caso a escala não seja muito longa, não arrisque, o trânsito de lá é um dos piores do mundo.

Resumindo, E MUITO, foi isso!

Se você pensa em ir para Cartagena, visite esses pontos que comentei, você não irá se arrepender, não coloquei valores aqui, mas se você quiser tirar dúvidas me chame no direct do instagram, adoro ajudar outros viajantes como eu, beijos e espero ter te ajudado.

@kahhcordeiro.