Busca por conteúdo, posts e vídeos

ESPECIALISTA DO LOIRO SAUDÁVEL RELEVA TÉCNICA USADA

Vanessa Oliveira, hair stylist dona da técnica “50,40,30”, explica como manter um loiro bonito sem se tornar escrava do salão. Ela fará curso para profissionais de todo país.

“Essa pandemia ensinou muito sobre quem nós somos e o que precisamos quando falamos de cabelo. Praticidade, escolha, quem nós somos, o que o cabelo diz respeito sobre nós são alguns dos quesitos que avalio quando pego uma cliente aqui no salão”, conta Vanessa Oliveira, especialista da técnica 50,40,30 do Salão Beleza Fidalga em São Paulo. “A mulher se viu num momento onde estava de mãos atadas. Ela se reinventou, se reconheceu. Muita gente se autoconheceu, abandonamos o cartaz. O profissional precisa entender isso, precisa dar atenção”. É por essa nova “leitura” sobre o que os fios realmente representam, que Vanessa montou o curso “A chave” para cabeleireiros de todo o país. “ Eu escolhi esse nome porque as pessoas estão condicionadas no que o outro impõe. O profissional tem que se conectar com cada pessoa que senta na sua cadeira”, diz a hair stylist.

“Hoje eu começo todo atendimento on-line pra você ter uma ideia. Porque já consigo entender a personalidade dessa pessoa. Eu pergunto o que costuma de fazer para poder entender qual é a imagem dela pra ela. Tem gente que me manda três referências tão diferentes, que eu preciso analisar antes com ela. Fazemos uma análise comportamental. Pra você ter uma ideia eu analiso como caminha, quais as dores, o que eu preciso trazer pra ela… o comportamento diz tudo. Se ela chegar retraída eu preciso me conectar com ela pra chegar no contexto de criação específico pra ela. Tenho uma exatidão de 90%. Por isso nome do curso é a chave e dentro da chave a gente traz a técnica só 50, 40, 30, onde vamos desenhar no cabelo das pessoas”, conta Vanessa.

 TÉCNICA 50,40,30 – A QUERIDINHA QUE VIROU FEBRE ENTRE LOIRAS

“Nessa técnica seleciono os fios e trabalho a estrutura deles. Nós vamos fazer realmente um desenho no cabelo da cliente, sem uso de pigmento no processo. Eu não apago raiz justamente para que ela tenha um tempo de pausa, uma liberdade maior para o cabelo”, explica Vanessa. Mas ela também fala dos tratamentos necessários para fazer o processo. “Esse tratamento específico vai trazer o que vamos retirar no processo. É por isso que esse loiro do 50,40,30 – as camadas e subcamadas que vamos usar – é um dos loiros mais saudáveis e queridos pelas clientes”. “Dedicação e amor. Esse é o segredo do loiro saudável. Não existe produto se não tiver atenção. Quando você tem atenção à cliente que está na sua cadeira, tudo acontece”.

A CHAVE

O curso de Vanessa Oliveira acontece dia 22 de março, às 9h da manhã no centro técnico da Brae. As inscrições podem ser feitas pelo WhatsApp: (11) 97684-0187.